Proteção

Mais proteção e cuidado

com a sua saúde

Proteção segura à flor da pele

Você sabia que os filtros solares devem ser feitos para atuar na camada mais superficial da epiderme, longe da corrente sanguínea?

Os protetores solares devem ser elaborados para atuar na parte mais superficial da nossa pele, a camada córnea, composta por células mortas e queratina, e que está longe da nossa corrente sanguínea. É nesta camada que a mágica dos protetores Blu acontece. Eles formam um poderoso escudo protetor, sem ser invasivo ao corpo humano, pois não são absorvidos pelo organismo, em função da base 100% lipofílica das suas fórmulas. Mas você pode se questionar: se a Blu tomou tanto cuidado na escolha dos ingredientes, eliminando substâncias nocivas, qual seria o problema de o produto ser absorvido pelo meu organismo? É simples: não existem substâncias 100% não alergênicas, nem mesmo os ingredientes naturais. Então, a base lipofílica só reforça a segurança toxicológica dos nossos protetores.

Base lipofílica e a sua saúde

Entenda a importância de escolher produtos que não são absorvidos pelo seu organismo e o risco dos cosméticos à base de água.

Quando pensamos em protetores solares, imaginamos que todas as substâncias das fórmulas são absorvidas pelo nosso organismo e caem na nossa corrente sanguínea. Mas isso não acontece com os protetores Blu. Nossos produtos são formulados com base 100% lipofílica (lipídios), o que significa que eles formam um filme, um manto de defesa que reflete a radiação solar (UV), sem ser absorvido pelo organismo.

O que facilita que as substâncias de determinados protetores sejam absorvidas pelo organismo é a utilização de bases aquosas (hidrofílica), pois é através deste meio que os ingredientes permeiam a pele e chegam à corrente sanguínea. Portanto, os protetores da Blu, que não têm água em suas composições, criam uma barreira protetora contra os raios UV, mantendo os ingredientes da fórmula na superfície da epiderme, formando uma segunda pele, e aumentando a segurança para a sua saúde.

Mais do que amplo espectro

Proteger a pele dos raios UVA e UVB deve ser função básica dos protetores. Conheça também as outras ferramentas de proteção oferecidas pela Blu.

Amplo espectro é a capacidade de o filtro solar proteger a pele dos dois tipos de raios ultravioletas (UVA e UVB), uma função básica de todo bom protetor solar. Os protetores Blu são amplo espectro e ainda protegem a pele de um grande leque de fatores prejudiciais e agressores.

Além dos raios UVA, que causam câncer de pele e envelhecimento, e dos raios UVB, que causam vermelhidão e queimaduras, nossos protetores atuam contra a luz azul e luz visível (presentes em smartphones e luzes artificiais em geral), a poluição urbana (no caso do Biochronos), os radicais livres (que oxidam e envelhecem a pele), têm ação anti-inflamatória (por meio do café verde), além de manterem a hidratação natural e preservar o DNA da pele, por meio da Tecnologia DNAComplex.

Estáveis em todas as condições

Entenda o que é e saiba como identificar se o seu protetor solar tem alta fotoestabilidade e se é muito resistente à água.

Fotoestabilidade é a capacidade da substância se manter inalterada (estável e eficiente) mesmo após longa exposição à luz solar ou artificial e após contato com a água. Os protetores Blu possuem alta fotoestabilidade e são muito resistentes à agua e ao suor, em virtude da combinação de filtros solares nobres e complementares. Parece uma característica óbvia para um protetor solar, mas este é um grande diferencial dos protetores Blu.

Para saber se o seu protetor é fotoestável, consulte no rótulo a duração de proteção oferecida e se é muito resistente à água. Para trazer estas informações em seu rótulo, o protetor precisa passar por testes rigorosos em laboratórios credenciados pela Anvisa. Os protetores Blu passaram nos testes de fotoestabilidade para até quatro horas de proteção e 80 minutos de contato com a água, mantendo a eficiência e a performance.

Escolha de forma consciente

Saiba identificar a presença de Oxibenzona, nociva à sua saúde e ao meio ambiente, nos rótulos dos protetores solares.

Os protetores Blu são livres de uma série de substâncias nocivas à saúde e ao planeta, a exemplo da Oxibenzona, que é um filtro solar amplamente utilizado pelo mercado. Essa substância tem sido associada a problemas hormonais e danos às células, que podem provocar desde envelhecimento precoce até câncer. Também está sendo proibida no Havaí, por prejudicar as bancadas de corais.


Os protetores Blu não têm Oxibenzona em suas fórmulas, em respeito à sua saúde e ao nosso planeta. Nas embalagens, a Oxibenzona pode ser identificada como: Oxybenzone, B3, Benzophenone-3, Phenyl-Methanone, Phenylmethanone; 2-Benzoyl-5-Methoxyphenol; 2-Hydroxy-4-Methoxybenzophenone; 4-Methoxy-2-Hydroxybenzophenone, Advastab 45; Ai3-23644 e Anuvex.

Cuidando da vida na Terra

Cuidando da vida na Terra Alto coeficiente de biodegradabilidade. O nome é complicado, mas a função é muito importante para o planeta.

Biodegradabilidade é a capacidade que a substância tem de se autodestruir no meio ambiente sem deixar resíduos nocivos. Os protetores Blu tem alto coeficiente de biodegradabilidade (EL50), que é o tempo de vida daquela substância no esgoto doméstico do Brasil. Os testes de EL50 de todas as matérias-primas dos protetores Blu deram (apenas) até 8 horas de vida, o que reforça a segurança toxicológica dos nossos produtos para o meio ambiente.

FIQUE POR DENTRO

Se inscreva em nossa newsletter e fique por dentro de todas novidades, promoções e vantagens que a Blu tem para oferecer

além de concorrer a prêmios e descontos exclusivos

Subscribe to our newsletter and stay updated to our best offers and deals!

TOPO >>

Shopping cart